metaldaysMetalDays. Ph: Marko Ristic Serbia via Shutterstock

Festival combo: metal Alemanha x Eslovênia

Tem coisa que combina muito, tipo hambúrguer e batata frita. É por isso que os fast food fazem combos com os dois, né? Com festival é igual! Alguns deles combinam tanto que já poderiam vir montados em combo, prontinhos para serem devorados. O festival combo é uma alternativa que a gente pensou para quem não tem grana nem tempo para fazer um mochilão de festival na Europa, mas também acha um desperdício imenso pagar uma passagem aérea cara para ver apenas um festival. O combo do metal Alemanha x Eslovênia nos parece bem apetitoso, para começar.

Pra fazer esse combo, consideramos a proximidade de datas entre os festivais. Claro que a facilidade de deslocamento geográfico de um lugar a outro também é importante. Não é a coisa mais complicada ir da Alemanha até a Eslovênia. Também achamos interessante combinar festivais mais populares e grandes com festivais de médio e pequeno porte – assim a pessoa pode ter experiências variadas.

O combo é uma sugestão de combinação, mas podem surgir muitas outras. Neste aqui sugerimos três festivais – poderíamos ter colocado um quarto festival em um terceiro país? Sim, este é o opcional do qual vamos falar. Porém, achamos mais interessante pensar no intervalo maior entre os festivais como uma oportunidade de temperar o combo com turismo musical. Prontx para fazer o seu pedido? 😉

1 – Bang Your Head, Alemanha

A aventura deste combo começa pelas terras germânicas, com o Bang Your Head, festival de metal que tem uma quedinha bem acentuada pelo hard rock. Na edição passada, por exemplo, conviveram em um mesmo lineup as bandas Dokken e Satyricon, Sepultura e Vince Neil. O festival rola na meiota ali do mês de julho – a edição de 2018 está marcada para 12/07 a 14/07. O local é o parque Messegelände Balingen, perto da Estugarda, a sexta maior cidade da Alemanha. Como fica mais ao sul do país, é uma ótima desculpa para atravessar o território alemão em busca das atrações da música ou apenas turísticas. Por exemplo, dá para pegar um voo e chegar até Berlim em uma hora.

O Bang Your Head é um festival de médio porte e não monta lineups super estrelados, como costumam ser os lineups dos maiores festivais europeus. Por acontecer apenas em dois dias, é um festival menos cansativo e ideal para quem chega de viagem e precisa se recuperar do jet lag. Por conta da localização mais ao sul, o Bang Your Head é um ótimo ponto de conexão para a próxima parada, o Metal Days, em Tolmin.

2- Metal Days, Eslovênia

MetalDays Official – Photo: Stipe Surac

O Metal Days rola mais para o finalzinho de julho – em 2018 foi marcado entre 22 e 28. A distância de Estugarda, na Alemanha à Tolmin, Eslovênia é quase a mesma da viagem de Estugarda à Berlim. Assim, o festival se torna uma ótima opção de sequência ao Bang Your Head.

Apesar de também ser um festival de médio porte, o Metal Days é um festival extenso, com muitos dias e muitas atividades paralelas à música. Na verdade, parece mais uma colônia de férias, onde se pode praticar Yoga, jogar vôlei e passar horas relaxando em um rio lindo, de águas azuis.

O lineup é formado por bandas mais extremas e menos mainstream, apesar de sempre ter bons headliners. Além disso, Tolmin é uma cidade que chama muito a atenção por suas belezas naturais. A Eslovênia é uma ótima opção de país para quem quer fazer turismo econômico, além disso. Portanto, achamos que o Metal Days cai como uma luva nesse combo – considerando os dias livres de intervalo do Bang Your Head até o Metal Days, dá para relaxar bastante e conhecer parte da Eslovênia.

3- Wacken Open Air, Alemanha

O Wacken dispensa apresentações. É simplesmente o maior festival de metal do mundo. Na verdade, ele é foco de peregrinação de muitxs festivaleirxs metalheads. Portanto, pode-se dizer que essa é a peça principal do combo, o chamariz. É um open air de grande porte que exige muita energia para sobreviver aos três dias de festival. Por isso, também é interessante que ele seja intercalado com um evento como o MetalDays, onde se pode colocar as ‘baterias’ para carregar.

Tradicionalmente marcado para o mês de agosto, o Wacken 2018 também já tem data – 02/08 a 04/08. Para quem quer construir outros combos de festival, também pode ser uma dica começar pelo Wacken, turistar e ir ao Summerbreeze, em meados de agosto. Mas aí é assunto para outro combo.

wacken

Wacken Open Air. Ph: Queen Soft via Shutterstock

Opcionais para o intervalo entre o Bang Your Head e o MetalDays

Uma semana é o tempo que separa o Bang Your Head e o MetalDays. Nesse intervalo, ainda é possível colocar um outro festival, para quem gosta de música extrema e quer mesmo viver o batidão de sair em um festival e entrar no outro, sem ter muito tempo para o turismo. O Obscene Extreme, festival que acontece na República Tcheca pode ser uma boa opção. A edição de 2018 acontece entre 18 e 22 de julho. Portanto, de acordo com o lineup dos dois festivais – Obscene Extreme e MetalDays, talvez a pessoa tenha que decidir uma prioridade, sacrificar um dia ou outro de um dos festivais.

O outro opcional é se jogar no turismo musical na Alemanha. Em Berlim, por exemplo, existem muitas opções. Desde a rota da vida de Bowie até os clubs de música underground da cidade. Tem até um museu dedicado inteiramente aos Ramones por lá. Definitivamente, compensa gastar um tempo na famosa cosmopolita.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close