palco amsterdã music festivalAMF/ Divulgação

Combo festivais de música eletrônica Amsterdã

A proposta de hoje de combo de festival vem mais enxuta, mas é por um bom motivo. Vamos falar de dois festivais gigantescos que rolam um na sequência do outro e de uma cidade muito instigante: bem vindxs ao combo festivais de música eletrônica Amsterdã!

Só lembrando, a proposta do combo são festivais que combinam muito juntos e estão em uma mesma cidade ou região. É uma ideia para quem não tem grana ou tempo para fazer um mochilão de festivais. Porém, quer viajar para mais de um festival e quer escolher muito bem quais festivais e onde.

No caso do combo de hoje, tudo fica perfeito: datas e afinidade se encaixam igual lego. Dois festivais de música eletrônica que rolam em outubro, em Amsterdam, a capital da música eletrônica na Europa. Além de ser berço de uma geração inteira de DJs renomadxs – só pra citar, aqueles entre os top 10 do mundo como Martin Garrix, Hardwell, Armin Van Buuren, Tiesto, Oliver Heldens… vish, não vou ficar aqui o dia inteiro escrevendo nomes de Djs holandeses, mas deu pra sentir, né?

Amsterdam Dance Event

ADE/Divulgação

Esse é o maior festival de clubes da EDM em todo o mundo. Em cinco dias, mais de seis mil – é isso mesmo, precisamente, 6.390 artistas tocam em 140 casas de shows espalhadas pela cidade de Amsterdã. Claro que nem todos são DJs renomados. Muitos deles são revelações da vida noturna de Amsterdã e do resto da Europa. Por isso, ainda existe muito uma vibe de showcase festival, o que pode ser muito interessante para conhecer música nova.

Além de ser esse mega festival, o ADE também é uma super conferência sobre música eletrônica, com espaço para mais de 550 palestras, workshops e rodas de conversa sobre EDM e a indústria que gira em torno dela. Portanto, é um evento muito importante não só para fãs de EDM, mas também para todos que produzem e trabalham no meio.

amsterdam dance event

ADE/Divulgação

Do ponto de vista turístico, o Amsterdam Dance Event é um festival muito relevante. A gente também ama os festivais de clubes, porque eles nos fazem circular pela cidade em que aontecem, entrar em contato com a cultura e viver mais da experiência local. No caso do AME, são 140 casas de shows, cafés e bares onde a música eletrônica rola durante os cinco dias de festival. Por exemplo, o festival de ~obriga~a conhecer lugares lendários como a Paradiso, a Melkveg, também lugares excepcionais como a De Rijksmuseum Passage e Rembrandthuis.

Em 2017 o festival rola entre 18 e 22 de outubro. Para saber mais informações, clique aqui no site oficial do evento. Agora, se você estiver a fim de comprar um pacote de viagem para o festival, veja as oportunidades existentes aqui.

Amsterdam Music Festival

Com o Amsterdam Dance Event ainda rolando, chega com tudo o Amsterdam Music Festival, ou AMF que é um grande festival de música eletrônica. É um super festival famoso simplesmente por reunir, em uma mesma noite, os maiores DJs do mundo. Este ano, o festival acontece na Amsterdam Arena, uma das arenas de evento mais famosas no mundo inteiro. Eu visitei a arena só por fora e já fiquei maravilhada. Espero poder assistir a algum evento por lá.

amsterdam music festival

AMF/dilvulgação

A data é 21 de outubro, um dia antes do final do ADE. Este ano, o lineup reúne Armin Van Buuren, Hardwell, Don Diablo, David Guetta, Dimitri Vegas & Like Mike. Pra saber mais sobre os preços de ingressos para esse grande evento, clique aqui no site oficial do festival.

E para buscar pacotes de viagem para este e outros festivais, a gente sugere nossos parceiros, aqui neste link.

 

Viajar para Amsterdã

Agora que já te demos a letra de quando e quais festvais, é melhor falar um pouco sobre o “onde”, né? A gente esteve duas vezes em Amsterdam, a capital da província da Holanda do norte, nos Países Baixos. Por isso, reunimos alguns posts que podem te ajudar.

Para saber onde se hospedar em Amsterdã, clique aqui neste post com ótimas dicas, de acordo com sua preferência de turismo e tudo mais. Por falar em turismo, que tal aproveitar seus dias off de festival para fazer turismo musical na cidade? Ah, também não se pode perder a oportunidade de dar um pulinho na Bélgica, que é do lado! A gente te explica como aqui.

Não se esqueça também de tomar todas as providências para a sua viagem, como seguro, compra de moeda estrangeira entre outros passos importantes. Neste link aqui te ajudamos a solucionar todas essas questões de uma vez.

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba sempre nossas dicas, histórias e novidades sobre viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Gracielle Fonseca

Não faço nada na vida sem paixão. Tanto que, pra me formar em Jornalismo, tive que fazer com 2 colegas um TCC sobre metal, o Ruído das Minas: a origem do heavy metal em BH. Também decidi que faria o primeiro documentário sobre as Mulheres no Metal, o Women in Metal, e fiz. Foi por paixão também que larguei um emprego público, para me aventurar pelo mundo dos festivais com a Pri.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close