festivais europeus gratuitosArek Drygas Fotografia/Przystanek Woodstock

5 festivais europeus gratuitos

Você está com as malas prontas para a Europa e não sobrou dinheiro no orçamento para comprar ingresso para um festival? Ou você quer muito ir a um festival na Europa mas está sofrendo com os ingressos cobrados em euros? Amiga, vem cá que eu tenho uma boa notícia pra você: há uma quantidade razoável de festivais europeus gratuitos pra você aproveitar o melhor da temporada de festivais de verão no velho continente sem ter que colocar a mão no bolso.

Na lista abaixo você confere uma seleção de festivais de estilos variados e em diferentes regiões da Europa (na geografia e no custo de vida) – tem na Escandinávia, na Europa central e no Leste europeu. Tudo de graça, free, na faixa.

Distortion – farra eletrônica nas ruas de Copenhague

Onde: Copenhague, Dinamarca
Quando: junho
Estilo: música eletrônica

Como se não bastasse ser um dos destinos do coração do Festivalando e ter um dos melhores festivais do universo (o Roskilde), a Dinamarca também abriga um dos mais bombásticos e maiores festivais gratuitos da Europa. O Distortion é um tsunami de música eletrônica que invade as ruas de Copenhague durante cinco dias, o dia inteiro, com mais de 40 palcos espalhados pela cidade. Cerca de 100 mil pessoas circulam pelo festival diariamente. Há também eventos pagos em clubes fechados. Se você se interessou, a Gra te conta em detalhes como é o Distortion, auto-proclamado um “caos orquestrado”. A propósito, o Distortion está também no nosso top 5 de festivais europeus no Almanaque Festivalando.

Saiba mais

Przystanek Woodstock – sim, o Woodstock (re)vive na Europa

Onde: Kostrzyn Nad Odra, Polônia
Quando: agosto
Estilo: rock

Você não leu errado. É isso mesmo: existe um Woodstock na Polônia (há mais de vinte anos, inclusive). Claramente inspirado no mítico festival realizado no fim dos anos 1960 nos Estados Unidos, o “irmão” polonês carrega características semelhantes ao original: seu lema é “Amor, Amizade e Música”, atrai anualmente uma média de 600 mil pessoas, tem na piscina de lama uma de suas marcas e, claro, é gratuito. O festival rola durante um fim de semana. São dois palcos, muito rock e um grande camping livre para quem quiser chegar. A pequena Kostrzyn Nad Odra, cidade de cerca de 20 mil habitantes que recebe o festival, fica a cerca de quatro horas de carro da capital polonesa, Varsóvia. Porém, sua localização a oeste, na fronteira com a Alemanha, a deixa mais próxima de Berlim – de lá, são só duas horas de viagem.

Saiba mais

Danube Island Festival – um festival numa ilha

Onde: Viena, Aústria
Quando: junho
Estilo: rock, pop, r&b, eletrônica

Além de gratuito, o Danube Island Festival acontece num cenário perfeito para os propósitos do Festivalando: a Danube Island, uma ilha de 20 km de extensão localizada no centro de Viena. Nela são instalados múltiplos palcos nos quais se apresentam artistas de gêneros variados. Para completar, são instaladas cerca de 20 “ilhas” dentro do festival, nada mais que espaços que abrigam atividades diversas, para além da música.

Saiba mais

Popegoja – para novas descobertas musicais

Onde: Malmö, Suécia
Quando: julho
Estilo: indie rock

Indies de plantão, este festival é para vocês. O Popegoja é uma espécie de radar que capta anualmente os nomes mais promissores e emergentes da cena indie sueca em dois dias de shows no Folkets Park, em Malmö, no sul da Suécia. Eu e Gra estivemos no Popegoja e temos um monte de dicas para você aproveitar o festival. Por exemplo, você pode combinar uma ida ao festival com um dia na praia de Ribersborg, a ~Copacabana~ da Suécia e dar uma esticada até Copenhague (ou vice-versa), que fica a menos de trinta minutos de trem partindo de Malmö.

Saiba mais

Bruis Festival – perto de Amsterdã

Onde: Maastricht, Holanda
Quando: Setembro
Estilo: rock e indie

Localizada a duas horas de Amsterdã, a cidade de Maastricht te convida a uma visita não só por causa do riquíssimo patrimônio histórico (são quase dois mil pontos de interesse) como também pelo Bruis Festival. O evento gratuito reúne uma dose boa de artistas (Mark Lanegan, Echo and the Bunnymen e Miles Kane já passaram pelo festival) e uma gama variada de atividades e workshops: feira de artesanato, yoga, oficina de cervejas artesanais, dentre outras.

Saiba mais

Quer conhecer mais festivais na Europa? Então vem aqui brincar com o nosso buscador de festivais! 😀

Gostou deste post? Temos muito mais pra você!

Receba nossas dicas, histórias e novidades de viagens para os melhores festivais de música do mundo.

Compartilhe este post

Priscila Brito

Sou jornalista e melômana, não sei se nessa ordem. Coleciono ingressos de shows desde 2001. Agora coleciono pulseiras de festival e carimbos no passaporte. Sou uma das mães do Festivalando e fiz Paul McCartney falar uai no Mineirão. Só porque eu gosto de música. Nas horas vagas, faço coisas sérias e tento salvar o jornalismo.

No comments

Add yours

Deixe uma resposta

Close